Número total de visualizações de página

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Aguardo ansiosa pelos vossos comentários.


Comentem, digam se gostam, dêem sugestões, faças perguntas (prometo responder as que poder).


Digam se vale a pena continuar.




Preciso de saber que há alguém do outro lado a ver o que faço. Preciso de ter alguém com quem contar. Hoje apercebi-me que não tenho amigos, apenas conhecidos. Estou carente, preciso de alguém que me diga: gosto como és (simplesmente tu).

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

ESTOU FARTA

No outro dia a minha stora de português como TPC mando fazer um texto que tinha de começar com "estou farta"
No fim-de-semana não consegui escrever nenhuma palavra, não era por falta de ideias pois estas existiam, não convinha era escreve-las pois não ia agradar a muitas pessoas
(mas isto um dia explico).

Hoje (véspera de entregar o dito texto) sentei-me aqui enfrente ao PC coloquei os auscultadores nos ouvidos (apesar de não estar a ouvir nada) e comecei a escrever.

(depois destas longas palavras que não vos interessavam para nada (isto se algum le o blog))

Aqui esta o texto:


Estou farta deste silêncio ensurdecedor que se faz ouvir como um trovão que enche os céus de medo.
Estou farta destas ondas que batem fortemente nos módicos grãos de areia que tentam sobreviver a mais um ensinar deste mar.
Estou farta do alvoroço dos rios, dos ventos que quebram as árvores, das gotas que caem no meu jardim.
Estou farta do remoer da farinha, do apanhar trigo.
Estou farta da constante melodia que se faz ouvir nas profundezas da terra.
Estou farta da simplicidade dos olhares, dos sorrisos, dos abraços.
Estou farta deste folhear de páginas sem nunca mudar de capítulo.
Estou farta dessas palavras que completam o livro, do afiar o lápis, do riscar de folhas.
Estou farta do som destas balas que atravessam o corpo, do levantar da espada.
Estou farta destes argumentos que comprovam o vazio, que fazem sentir o nada.
Estou farta deste afogar de registos esculpidos na pedra.
Estou farta deste sustentar de aparências.
Estou farta deste anoitecer que adormece sonhos, desta luz que acorda os pesadelos e cerca as ilusões.
Estou farta da felicidade triste, dos sorrisos infelizes, dos olhares simulados.
Estou farta desta voz que deixa tudo acontecer
Estou farta deste choro que inunda este espaço.
Estou farta do cansaço que se apodera do bater do coração.
Estou farta dos espinhos desta rosa que me enfraquecem cada vez mais.
Estou farta desta sobrevivência.







espero que tenham gostado (comentem)

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

viver

Deixem-me voar…deixem-me saltar…deixem-me correr…deixem-me escrever…deixem-me cantar, dançar, representar…deixem-me chorar…deixem-me rir…deixem-me sonhar, morrerviver
Quero viver num Mundo só meu, o Mundo dos sonhos, da magia. Quero subir ao palco sempre que quiser, subir ao palco da vida. Sim, eu sonho, eu quero e eu vou conseguir pisar o meu Mundo, onde é permitido sermos nós próprios, não só nos bastidores, mas nas ruas que formam o grande palco da vida, aquele que muitos tem medo de enfrentar e então decidem usar mascaras para esconder aquilo que realmente são.
Quantos de nós podemos dizer que nunca fingimos ser aquilo que não somos?!...
Quantos de nos temos coragem para subir ao palco e não respeitar o que diz o guião que nos é imposto pela sociedade? ... mas sim dizer, palavra a palavra, o que nos vai na alma!
Quantos de nos não sonha com um final diferente mas não é capaz de fazer algo para o mudar e prefere esconder-se por detrás dos cenários porque dis que não tem talento para representar?! Para mim todos nascemos com o dom de viver, então porque não arriscar e sair detrás dos cenários.
A verdade é que a peça já começou há muito tempo, e está quase a acabar, portanto será que ainda vamos a tempo de mudar o guião? O melhor é apressarmo-nos pois a peça está quase a terminar e se continuarmos a seguir letra a letra o guião e não arriscarmos e improvisar, as cortinas vão cair e o público não vai aplaudir.

bem vindo

Olá,
o meu nome é Xana adoro representar, cantar e dançar, neste blog irei publicar textos feitos por mim, vídeos, falarei um pouco dos meus dias.... e estou aberta a sugestões.

Vou tentar que o blog se encontre sempre actualizado.


Espero que gostes